Arquivo do mês: fevereiro 2010

Menos é Bom e Nada é Melhor

Texto baseado e partes extraidas do livro ” A Visão de Deus” de Tommy Tenney.

Você já deu duro debaixo do sol quente para ver se conseguia uma vaga em algum time de seu esporte favorito? Você já suou a camisa para merecer ganhar em 1º lugar em uma competição de dança? Testes de seleção só podem produzir um de dois resultados: Você alcança o objetivo e entra para a equipe ou é eliminado por não ser “Bom o bastante”.
Mas para Deus é diferente. Os testes de seleção para Deus são radicalmente diferentes dos que são realizados em qualquer outro ministério do mundo. Pra começar, ninguém é “Bom o bastante”. Entramos para a equipe não pelo nosso potencial ou técnica, mas pela capacidade de nos humilharmos. Os lugares de maior honra vão para aqueles que vêem a Ele com corações quebrantados e famintos pela presença. Esta é a virtude do zero. O zero é o ponto de partida favorito de Deus. Custo dizer que aonde não tem mais esperança, aonde não há solução, é exatamente aí que Deus gosta de manifestar o seu poder. Muitas vezes, Deus espera que chegamos no zero para agir em nossas vidas. Foi Ele mesmo que disse ao apóstolo Paulo: “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza” (2 Co 12:9) Talvez você esteja pensando: Mas como chegar a estaca zero? A resposta é simples: Comece com nada.
O começar de novo é uma virtude do zero. Talvez seu ministério esteja fraco, sem motivação, sem visão. Volte às raízes e COMEÇE DE NOVO. Começar do zero é reconhecer que não somos nada e que tudo que fazemos vem dEle. Não podemos orar: “Venha o teu reino” a menos que estejamos dispostos a orar: “desapareça o meu”. A soberba é o que nos impede de alcançarmos o que Deus tem pra nossas vidas e, ou ministério. Atente bem para essas palavras: Orgulho e soberba. Se elas estiverem dentro do ser humano, o diabo não tem preocupação com ele, pois sabe que isso foi o motivo da queda dele (do diabo), e com certeza, será para todos os que deixarem isso entrar no coração. E essa tem sido a razão de ministérios estarem acabando, líderes sem motivação. Muitos têm se preocupados em aparecer e se exibir, como se a aparência pudesse transformar a vida de alguém. Quem tem que aparecer é Jesus e não nós, se é que Jesus está na sua vida de fato! Você não chegará ao zero enquanto você estiver ligado às essas duas palavras citadas à cima.
A vida de Gideão é um dos exemplos de como Deus gosta de agir quando chegamos no “zero”. Gideão foi um homem que Deus chamou para livrar o seu povo da opressão e sofrimento. Deus viu alguma coisa em Gideão que ele próprio não via. Ele via as circunstâncias com os olhos do homem, mas estava prestes a receber a capacidade de ver com os olhos Deus.
Gideão ainda não havia chegado à estaca zero, mas já podia “avistá-la” de onde estava. Ele disse: “Ah, Senhor… Como posso libertar Israel? Minha família é a menor e mais pobre da tribo de Manasses, e eu sou o menor da minha família.” (Jz 6:15). O interessante é que Gideão admitiu que por ele mesmo, nada podia fazer. O nada é muito mais significativo para Deus do que alguma coisa. Quando os inimigos de Israel se reuniram para a guerra, Gideão convocou um exército de 32 mil homens para a batalha. Para a sua surpresa, Deus lhe falou: “Você tem gente de mais, e por isso não posso deixar que vocês derrotem os midianitas…” (Jz 7:2). Deus disse a Gideão que mandasse para a casa todos que estivessem tímidos ou amedontrados. Para a sua tristeza 22 mil homens pegaram suas trouxas e partiram. Deus voltou a dizer: “Ainda há gente de mais”. Nunca se esqueça de uma coisa. Quando você diminui, Ele cresce. Finalmente, de 10 mil homens restaram apenas 300 soldados! Gideão teria de enfrentar um exército estimado em 135 mil homens. (Pra quem quer começar do zero, a desvantagem é perfeita). Mais uma vez, isso prova que o zero é o ponto de partida favorito de Deus. De 32 mil homens, apenas 300 foram escolhidos.
Gideão achou que seria impossível, mas o pouco é muito quando Deus está nele! De uma situação que indicava derrota, Deus trouxe a vitória. Deus espera de nós, ministros da palavra, dependência total dEle!

Não descarte aquilo que Deus está querendo usar mesmo que você pense que não tem valor algum. Dê a Deus toda a Glória quando Ele fizer algo sobrenatural em sua vida ou em seu ministério!

Fiquem na paz,

Lucas Fernandes


Borboletas

Semana passada, ao esperar o ônibus no ponto levei um susto ao sentir que tinha alguma coisa em minhas costas. Quando me virei, o bicho saiu voando e vi que era uma borboleta. Naquela mesma semana estava no meu quarto à noite e minha janela estava aberta por causa do calor que tem feito nos últimos dias. Levei um grande susto (sou meio medrosa com insetos) ao ver que tinha entrado pela minha janela e pousado no travesseiro onde eu estava deitada, uma grande borboleta, que por sinal, tinha asas muito belas e coloridas, mas suas asas estavam um pouco tortas. Logo me levantei e percebi que estava com dificuldade para voar. Ela estava em um processo, estava saindo do casulo. Minha mãe se levantou e veio ao meu quarto ver o que estava acontecendo, não foi exagero, a borboleta era muito grande. Depois de algum tempo minha mãe conseguiu colocá-la para fora. Ufa! [RS] Percebi que Deus queria falar comigo. E como Ele falou ao meu coração. Deus é lindo e fala conosco de várias formas!
A borboleta passa por várias fases de transformação, as mudanças são dramáticas do ovo até a forma adulta. Ao olhar para uma bela borboleta voando nem pensamos que ela já foi uma lagarta. Fico imaginando a lagarta temendo ao que irá acontecer adiante. Será que ela olha para as borboletas voando e pensa que nunca conseguirá voar? Será que ela acha que não nasceu para isso? Mas chegará um dia em que será necessário passar por toda esta fase. A pupa ou crisálida se forma através do endurecimento do corpo da lagarta, esta capa é a sua proteção. Quando está neste casulo os seus órgãos estão passando por uma metamorfose, estão se transformando em órgãos adultos. Imagino que a fase mais difícil é a fase final, quando a borboleta precisa sair do casulo, tem que haver muito esforço, através desse esforço é que suas asas são formadas. Engraçado é que se alguém tentar ajudá-la a sair, poderá estragar tudo e a borboleta terá as suas asas deformadas e nunca poderá voar. Foi exatamente nesta fase que a borboleta me visitou.
E nós cristão? Sabemos que um dia fomos chamados para voar como uma borboleta, mas as vezes assistimos a vida alheia e vemos todos ao nosso redor voando, mas não nos esforçamos para sair do casulo, não é mesmo? Se ficarmos parados olhando e pensando nos momentos difíceis da vida, viveremos a lagartear pelo resto dos nossos dias. A palavra nos diz assim em João 13;3: “SABENDO este que o Pai tudo confiara às suas mãos, e que ele viera de Deus, e voltava para Deus.”
Jesus sabia de onde viera e para onde iria, além disso, conhecia o porquê de estar aqui nesta terra. O foco de Jesus não era a cruz, o sofrimento, Ele sabia que precisava passar por aquele momento, mas que voltaria para Deus. Nós devemos entender que o nosso foco não são os momentos difíceis, temos dentro de nós a Verdade para cumprirmos o nosso chamado. Existe um preço a ser pago para ser livre. Se quisermos voar, passaremos por momentos difíceis, onde teremos que nos esforçar, às vezes algumas decepções irão nos fazer crescer e nos transformarão em adultos cristãos.
“Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós para as coisas que se vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.” (2 Coríntios: 4:16)
Ao se debater com um obstáculo se esforce para ser aprovado diante de Deus. Depois, prepare-se para “voar”!

Renata Pales

Renata além de fazer parte da Cia. Mudança e da Cia. Adorarte é professora da escola de dança ARCA dos nossos queridos André e Adriana, que também são do Mudança.
Essa escola vem se consolidando como referência para a preparação de jovens cristãos na dança, com uma grande variedade de estilos e excelente equipe que trabalha com muito amor e profissionalismo.

Para quem se interessar, segue abaixo mais informações.
http://arca-ciadasartes.blogspot.com