Arquivo do mês: janeiro 2009

Dias ruins. Muito ruins.

felipeDias difíceis nos sondam. Pais matam filhos, filhos a pais. Guerras e rumores de guerras. Crise financeira como nunca antes visto. A promessa de que um presidente salvará o planeta de todas essas crises. Incertezas, dor, enchentes, pedofilia, escândalos por onde se olha. Irmãos caindo em pecado e causando escândalo por todo lado. Irmãos não se compadecendo e amando os caídos que até outro dia eram como nós, se é que estamos de pé. Pessoas trocando a verdade do Evangelho por prazeres. Golpes nas igrejas, homossexualismo entre irmãos, apostasia.

 

“Eles estão obscurecidos no entendimento e separados da vida de Deus por causa da ignorância em que estão, devido ao endurecimento do seu coração. Tendo perdido toda a sensibilidade, eles se entregam a depravação, cometendo com avidez toda espécie de impureza.” Judas 1:18.

Realmente estamos em crise. Aliás, estou em crise O dia da volta de Jesus está aí para quem quer ver. Por anos ouvíamos sobre essas coisas e agora que vivemos nelas parecem normais. Coisas da contemporaneidade. Ouvi uma pessoa dizer certa vez: O mundo foi sempre assim, a história se repete, não tem nada de fim dos tempos nisso.

 

 “Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará.” Mt. 24:12.

 

Crianças são abusadas sexualmente, crescem maltratadas pelas recordações, evitam pessoas, não querem e não sabem dar e receber amor. O amor é confundido com sexo. As pessoas querem amor, logo querem sexo para se sentirem satisfeitas. Não são satisfeitas, a prova disso está no comportamento sexual de hoje. Quem sabe o que é amor? A maldade, as tristezas, os enganos lançaram fora o amor. Tudo muito bem arquitetado. Ninguém mais sabe o nome do vizinho. Nas igrejas reina a vaidade. Tem um monte de gente falando de um palco para as outras fazerem coisas quando não sabem o que é andar com as pessoas, o que elas sentem de verdade. Quantas vezes estive no banco da igreja ou mesmo em casa aos prantos querendo um consolo, um abraço, uma oração e não uma música, um ministro me dizendo o que fazer e deixar de fazer em notas bem arranjadas. Gente, o que está acontecendo?

 

Tenho medo de abrir o coração para as pessoas, tenho medo de descobrir o que tem no coração das pessoas, tenho medo de mim. Tudo hoje é impessoal. Ministro para você, mas você que se administre com sua vida. Acabou o toque, e quando o toque vem logo vem a desconfiança daquele ato. Não jugo mal as pessoas que caem em pecado, muitas delas estão gritando há muito tempo por ajuda e nós estamos dançando com roupinhas coloridas e esvoaçantes como se a vida fosse um tempo de festa.

 

Ah Deus, tem misericórdia de nós. Somos muito feios mesmo. Estou como Isaías, sou um homem de lábios impuros e habito no meio de um povo de impuros lábios. Todo mundo tem medo da verdade, a verdade dói, incomoda, embaraça, mas limpa.

 

Quero desejar a você e a mim que nesse ano eu seja mais verdadeiro com você meu irmão, e que você seja verdadeiro comigo. Que sejamos acessíveis uns aos outros. Quem sabe assim nos fortaleceremos e o amor nos livrará da apostasia.

 

Um abraço,

Felipe Toller

Anúncios

Tem algo me perseguindo

imagem-008É… é verdade: têm algo me perseguindo. Mas não preciso ficar preocupado, é algo maravilhoso e sobrenatural. É uma Palavra que Deus está insistindo em ministrar a mim e aos que estão em minha volta. Então tenho que compartilhar pois talvez essa mesma palavra esteja em seu encalce.

 

Escrevi em oportunidade passada sobre uma ministração que a Iana compartilhou a respeito de Jesus andando sobre as águas, o que juntamente com um livro que havia lido trouxe-me bastante edificação. E não é que essa palavra está me perseguindo!!!!???? Só que  não é de agora, mas há bastante tempo, desde a última reunião com o Pastor Gustavo na casa da Ana Paula, há mais ou menos dois anos. É verdade também que toda vez que ela é ministrada o enfoque é bem diferente assim como a aplicação, afinal a Palavra de Deus é inesgotável.

 

Mas foi na passagem de ano que despertou-me essa súbita conscientização de tal perseguição.Vejam só… esse ano passamos o réveillon com a família da Bel e ela compartilhou a mesma passagem bíblica, só que também contextualizando de maneira diferente. Ao desenrolar da reunião lembrei-me que ano passado durante o noivado da Iana a mesma Palavra foi compartilhada e praticamente as mesmas pessoas estavam lá. Além disso li e ouvi inúmeras vezes a mesma Palavra nos últimos dias (tô te falando, estou sendo perseguido!).

 

Resultado disso tudo? Viajei né!!!… “esse negócio de estar passando em meio a tormenta ……… – é complicado -…….. fé para andar sobre as águas …….. – OHH GLÓRIA!!!!!- ……..não reconhecer a Jesus em meio a dificuldades ……. – de novo complicado -…… barquinho com muitas pessoas …….. – ajuda aí, gente – …………… afundar nas águas ………… – ai ai ai!!!! – …………………. mas Ele segura a minha mão! ALELUIA! Vive o meu Senhor, meu Auxílio, minha Fortaleza, Aquele que é Fiel até mesmo quando não sou totalmente Fiel está por perto”.

 

Falando mais sério ainda, gente, não importa o que vem por aí em 2009. Vamos continuar a temer o Senhor, confiar nEle, obedecê-lo e esperar a vitória. Não vamos deixar que desafios nos atemorizem nem que o nosso amor esfrie. Se Ele quiser nos fazer passar por tormentas é porque Ele deseja  se revelar grandiosamente, divinamente, maravilhosamente. Não existe terreno ou situação demasiadamente difícil para impedir que o nosso Deus vá ao nosso encontro e nos ajude. Não temamos os desafios de 2009, se Ele te autorizar a andar sobre as águas e ir ao encontro dEle não temas e crê somente. Se ficar difícil erga as mãos e clame. Ele é poderoso para te erguer e acabar com a tempestade. Ele sabe tudo o que vai acontecer em 2009 e em Suas mão estão todos os livramentos.

 

PS: Quando o Maravilhoso Jesus se manifestar, fala pra gente, nós amamos os seus testemunhos.

 

FELIZ 2009 A TODOS.

 

Breno